quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Será que passa?

O teclado já não sei onde está... as lágrimas tomaram conta de mim e da minha visão. Todas as lembranças suas ainda ecoam na memória... e vem aquela montagem de fotos bregas... A lembrança da primeira vez que conversei com você, que disse que você era meu amor platônico. A confidência de um acontecimento que mudaria pra sempre a minha vontade de estar com alguém... Não queria mais ninguém... só queria você.
E mesmo depois de sofrer tudo o que eu tenho sofrido... Depois de passar noites em claro desejando só que a sua lembrança saisse de mim, eu ainda me pego pensando nos momentos em que eu tive a certeza do porque me apaixonei. O sorriso encantador... o jeito inconsequente de fazer um monte de coisa. O jeito de me olhar. A forma com que você brincava comigo... mesmo me enchendo de hematomas... 
Ainda não passou. Ainda não entendo muito do que aconteceu nesse tempo tão curto, mas tão intenso. E acho que ainda vou continuar aqui... Sem entender e esperando uma resposta... Que eu acho que não vai vir! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário